TRÁFICO INTERNACIONAL

PF apreende R$ 230 milhões em bens obtidos pelo tráfico de drogas na fronteira

Os supostos líderes do cartel foram presos no Paraguai

11/09/2020 às 17h40min
Por: Redação//NTocantins - Foto: Divulgação/PRF

Nesta sexta-feira (11), a Polícia Federal (PF) prendeu seis homens e apreendeu aproximadamente R$ 230 milhões em patrimônio obtido por meio do tráfico de drogas. A operação aconteceu nos estados de Mato Grosso (MT), Mato Grosso do Sul (MS), e em uma região do Paraguai próxima à divisa com o Brasil.

De acordo com a PF, os traficantes ostentavam embarcações, aeronaves, mansões, dentre outros bens e objetos de luxo. Todo o patrimônio era justificado com empresas de fachada, como construtoras, imobiliárias, etc. Só no Brasil foram apreendidos 42 imóveis, duas fazendas, 75 veículos, milhões de reais em espécie, dentre outros pertences.


A Polícia afirma, ainda, que a investigação que derrubou o grupo de traficantes teve início em 2018 e analisou informações em outras localidades do Brasil e do Paraguai, mais distantes da área de fronteira. Ao todo, foram analisadas contas de 95 pessoas e empresas. 

Três das prisões aconteceram em Pedro Juan Caballero, no Paraguai. Os suspeitos são um pai e dois filhos, que supostamente chefiavam todas as operações da organização criminosa. 

Dois mandados de prisão ainda não foram cumpridos e a PF trabalha para encontrar os supostos criminosos. As ordens de prisão foram emitidas pela 5° Vara da Justiça Federal de Campo Grande (MT). 

Se condenados, os envolvidos perderão os bens, que passarão a ser propriedade do Estado, sendo utilizados para o funcionamento de órgãos e ações governamentais. 



Notícias Relacionadas