COVARDIA E JUSTIÇA

Jovem de 22 anos é o quinto preso por latrocínio contra idoso de 69 anos

A investigação aponta que os suspeitos são membros de uma facção criminosa que atua em diversos estados

03/08/2020 às 16h59min
Por: Redação//NTocantins

Um homem de 22 anos foi preso na manhã desta segunda-feira (03), sob o cumprimento de um mandado de prisão da Justiça do Tocantins. Ele é um dos suspeitos envolvidos em um crime de latrocínio (roubo seguido de morte), contra um idoso de 69 anos, em Araguaína, região norte do Estado, no ano de 2019. 

O mandado de prisão foi cumprido por  meio de uma parceria entre policiais civis da Delegacia de Repressão a Roubos (DRR) de Araguaína e a Polícia Militar do Pará, que capturou o homem na cidade de Xinguara (PA). 

De acordo com o delegado Breno Eduardo Campos Alves, responsável pelo caso, a vítima costumava emprestar pequenas quantias de dinheiro aos vizinhos, e já havia sido alvo de uma invasão dos criminosos, dias antes do latrocínio. 

No dia do homicídio, o grupo foi afugentado por vizinhos e acabou deixando uma arma no local do crime. Os suspeitos são apontados como membros de uma facção que atua em diversos estados brasileiros. 

O suspeito permanecerá na Cadeia Pública de Xinguara à disposição da Justiça do Tocantins, que deve solicitar a trasferência nos próximos dias. 


Notícias Relacionadas