LISA MONTGOMERY

EUA executam a 1ª mulher no corredor da morte federal em 70 anos

Ela foi condenada por matar uma grávida, cortar a barriga e roubar o bebê

13/01/2021 às 11h41min
Por: Redação // NTocantins - Foto: Reuters

Lisa Montgomery, de 52 anos, foi executada nesta quarta-feira (13/1) pelo governo federal americano. Este é o primeiro caso de execução de uma mulher em quase 70 anos. O último caso do tipo havia sido o de Bonnie Brown Heady, executada em 1953 na câmara de gás pelo sequestro e morte de um menino de seis anos de idade.

Inicialmente a execução estava marcada para terça-feira, mas ela foi suspensa no dia anterior, depois que um juiz do Estado de Indiana levantou dúvidas sobre a capacidade mental de Montgomery.

Mas essa suspensão foi derrubada pela Suprema Corte, e Lisa Montgomery recebeu injeção letal nas primeiras horas de quarta-feira, na penitenciária de Terre Haute, em Indiana.

O crime cometido por Montgomery chocou os EUA e é descrito pelo Departamento de Justiça como "especialmente hediondo": em 2004, ela matou uma grávida, cortou sua barriga e sequestrou o bebê.


Notícias Relacionadas