SEM RESPOSTAS

Caso do desaparecimento de Laura Vitória completa cinco anos sem solução

Ela sumiu no dia 09 de janeiro de 2016, após sair de casa para ir até um supermercado, no Setor Lago Sul

11/01/2021 às 11h50min
Por: Redação // NTocantins

O caso do desaparecimento de Laura Vitória Oliveira da Rocha completou cinco anos, e até hoje a família não tem nenhuma resposta sobre o que aconteceu. Ela sumiu no dia 09 de janeiro de 2016, após sair de casa para ir até um supermercado, no Setor Lago Sul. Ela tinha nove anos e morava com a avó Gilsandra Oliveira.

As imagens das câmeras de segurança do estabelecimento mostram quando a menina entrou no local. Ela ficou por alguns minutos e depois saiu com uma sacola na mão. Depois, ela não foi mais vista.

O inquérito já passou pela Delegacia Especializada na Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e pela Delegacia Especializada em Investigações Criminais (Deic), mas o sumiço nunca foi solucionado.

A polícia chegou a investigar a hipótese de que o desaparecimento teria relação com o tráfico de drogas, pois o pai da menina estava preso na Casa de Prisão Provisória de Palmas por este crime.

Em 2016, um suspeito chegou a ser preso, mas foi liberado porque a polícia não conseguiu comprovar nenhuma participação dele no sumiço da menina. Um ex-namorado da mãe de Laura, chegou a ser ouvido, mas também foi liberado.

Nossa produção entrou em contato com a Secretaria Estadual da Segurança Pública, mas ainda não obtivemos resposta.



Notícias Relacionadas