PREVENÇÃO

Adapec suspende cavalgadas e tropeadas em 27 cidades do Tocantins

A determinação acontece após o registro de oito casos de mormo

28/10/2020 às 17h37min
Por: Redação // NTocantins - Foto: Divulgação Adapec

Após registrar oito casos de mormo este ano, a Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) suspendeu cavalgadas e tropeadas com asininos, equinos e muares, a partir desta quarta-feira (28), em 27 municípios. Estes eventos só podem acontecer com autorização prévia da Adapec.

No municípios limítrofes citados na sequência abaixo, foram suspensas cavalgadas e tropeadas, sendo permitidos apenas eventos autorizados pela Adapec. 

Os municípios proibidos pela determinação, são: Formoso do Araguaia, Dueré, Araguatins, São Salvador do Tocantins, Santa Fé do Araguaia, Muricilândia, Sandolândia, Figueiropólis, Cariri do Tocantins, Lagoa da Confusão, Santa Rita do Tocantins, Crixás do Tocantins, Aliança do Tocantins, Gurupi, Peixe, Jaú do Tocantins, Palmeirópolis, Paranã, Araguaína, Aragominas, Ananás, São Bento do Tocantins, Axixá, Augustinópolis, Buriti do Tocantins, São Sebastião do Tocantins e Esperantina.

Não existe vacina ou tratamento para o mormo. O produtor rural deve ficar atento, realizar os exames regularmente em seus animais, já que a validade é de 60 dias, exigi-los ao comprar um animal, evitar que ele tenha contato direto com outros. Caso o dono do equídeo suspeite que ele esteja infectado deve isolá-lo e comunicar imediatamente a Adapec. No manuseio deve ter cuidado redobrado, luvas e máscaras, e evitar ao máximo que ele tenha contato com outros animais e humanos.

A Adapec está à disposição nas suas unidades em todo o Estado e disponibiliza ainda o 0800 63 11 22, de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 14, para que os interessados tirem suas dúvidas e também denunciem trânsito clandestino de animais.


Notícias Relacionadas